RECEBA AS ATUALIZAÇÕES DO BLOG NO SEU E-MAIL

terça-feira, 7 de abril de 2009

Charlton Heston

Charlton
Heston
foi

o
nome
artístico
de

John
Charles
Carter.
Nasceu

em
Evanston,
no

estado
de
Illinois,
em

04
de
outubro
de
1923.
Ficou

famoso
principalmente
por

interpretar
persongens

heróicos
em

superproduções
da

época
de
ouro
de

Hollywood,
como

por
exemplo
o

lendário
El
Cid,
no

filme
homônimo.
Heston

estrelou
alguns
dos

maiores
sucessos
de

todos
os
tempos,
como
“O

Planeta
do
Macacos”,
seu

último

grande

sucesso
em

1968,
e

os
super-
clássicos
“Os

Dez
Mandamentos”,
de

1956,
onde

interpretou
o

personagem
bíblico
Moisés,
e

“Ben
Hur”,
o

primeiro
dos

três
únicos
filmes
em

toda
a
história
do

cinema
a

receber
11
oscars,
inclusive
o

de
melhor
ator
para

charlton,
mas

ainda
com

uma
vantagem
sobre

os
outros
dois

filmes,
pois

era
uma
época
em

que
havia
apenas

doze
categorias
de

oscars,
de

forma
que

perdeu
em

apenas
uma.
Com

o
divórcio
de

seus
pais
quando

ele
tinha
dez

anos,
sua

mãe
mudou-se
para

chigago
após
o

segundo
casamento,
e

Heston
adotou
o

sobrenome
de

seu
padastro.
Na

escola
secundária,
Charlton

se
envolveu
com

a
cadeira
de

artes
dramáticas
e teve

um resultado
tão bom
que recebeu
uma bolsa
em drama
para cursar
a universidade.
Em 1944
ele deixou
os estudos
e se alistou
na força

aérea
do exército,
onde serviu
como operador
de rádio
de bombardeiros B-25
nas Ilhas Aleutas
durante
a II Guerra Mundial,
atingindo

a patente
de sargento
e onde

se casou
com uma

colega
de faculdade.
Após a

guerra,
o casal

voltou
para

Nova Iorque
onde ele

iniciou
uma carreira
de ator

em teatro
e começou
a aparecer
em papéis

históricos
em peças como
‘Macbeth’
e

‘Marco
Antônio
e
Cleópatra’.

usando
o

prenome
de

Charlton,
ele

fez
seu

primeiro
papel
no cinema
em Dark City,
em 1950,
recebendo

reconhecimento
por sua

atuação
e chamando

a atenção
pelo

seu
porte.
Em

1952,
o

filme
“O

Maior
Espetáculo
da
Terra”
superprodução

ambientada
no

mundo
do
circo,
transformou

Heston
numa

estrela
de

primeira
grandeza.
A

partir
dali,
seu

porte
ereto,
sua

altura
e

o
perfil
musculoso,
lhe

dariam
alguns
dos

papéis
mais

importantes
e

representativos
nas

superproduções
dos

anos
50
do

cinema
norte-

americano,
fazendo

ainda
muito

sucesso
até

o
final
dos

anos
60.
A

partir
dos
anos
70
começou

atuar
fazendo

personagens
coadjuvantes,
mas

sua
popularidade
não

diminuiu
nos

EUA
e

ele
fez
diversos

papéis
nos

anos
seguintes
em

filmes
para

TV
e

atuou
em

diversos
filmes
como

narrador,
sendo

uma
das

vozes
mais

requisitadas
do

cinema.
Em

2001,
fez

sua
mais
notada
participação
em

muitos
anos,
na

refilmagem
de
‘O

Planeta
dos
Macacos”,
como um
velho
macaco
pai
do
vilão
do
novo
filme.
Morreu

em
5
de
abril
de 2008
em
sua
residência
de
Beverly Hills,
em
Los Angeles,
aos
83 anos.
Sofria desde

2002
de uma

doença
degenerativa
com sintomas

similares
aos do

Mal de Alzheimer.

FILMES CATALOGADOS NESSE BLOG
(CLIQUE NOS TÍTULOS PARA LER AS SINÓPSES)

De Volta ao PLANETA DOS MACACOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CURTIU ESSE POST? ENTÃO, ENVIE PARA SEUS AMIGOS